Tudo sobre trombone e o meio musical.

Conservatório de Tatui

 

Quem Somos

 

Criado por lei estadual em 13 de abril de 1951 e fundado oficialmente em 11 de agosto de 1954, o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí representa uma das mais sérias e bem sucedidas ações no setor cultural no Estado de São Paulo. Mantido pelo Governo de São Paulo e Secretaria de Estado da Cultura, o Conservatório de Tatuí é administrado pela Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí.
Reconhecido centro de excelência de ensino de música, luteria e artes cênicas, ele está localizado a 130km da Capital, concentra estudantes de São Paulo, de outros 20 Estados brasileiros e de países da América Latina. O Conservatório de Tatuí também recebe estudantes ocasionais que deslocam-se da América do Norte, Europa e, até, Ásia, para o aperfeiçoamento em música brasileira.
Com mais de 55 anos de formação e difusão cultural, uma das mais respeitadas escolas de música da América Latina cumpre a missão de formar instrumentistas, cantores, atores e luthiers de prestígio internacional. Seus 47 cursos distintos, gratuitos, tem duração média de seis anos, sendo que seus alunos são, invariavelmente, destaques em concursos nacionais e até mesmo internacionais.
Além de total infra-estrutura – salas de aulas, instrumentos e um alojamento - o Conservatório de Tatuí disponibiliza a seus alunos programa de ensino atualizado. O complexo musical abriga um setor de artes cênicas, grupos de canto-coral e conjuntos pedagógicos e artísticos-pedagógicos. São orquestras, bandas, big bands e grupos de música de câmara por meio dos quais os alunos têm assegurados a prática musical e o contato com instrumentistas profissionais.
Além de ensino de alta qualidade, o Conservatório de Tatuí mantém uma agenda artística invejável. São encontros, festivais, masterclasses, workshops, concertos, espetáculos de teatro, cursos intensivos, palestras e recitais. A produção interna é, ainda, levada aos mais diferentes pontos do Estado de São Paulo ao longo do ano, por meio de apresentações de grupos pedagógicos e pedagógico-artísticos.
Por conta de sua importância no cenário internacional da música, o Conservatório contribuiu de forma essencial para que Tatuí, sua cidade sede, ganhasse o título de “Capital da Música”. O título foi dado ao município por meio da lei estadual 12.544, que oficializa Tatuí como a “Capital da Música do Estado de São Paulo”, em 30 de janeiro de 2007.
 

 

 

Gestão

O Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí é uma instituição gerida pela Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí, qualificada como Organização Social da Área de Cultura no Governo do Estado de São Paulo.
Decreto de Criação

A criação do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí foi inicialmente incorporada ao projeto de lei no 694 de 1950 (R. 769). Onde se lia “fica criado na cidade de Campinas o Conservatório Dramático e Musical Carlos Gomes", passou a ler-se: "ficam criados nas cidades de Campinas e Tatuí Conservatórios Dramáticos e Musicais".

Sala das Sessões, 27 de julho de 1950
Narciso Pieroni
 

 

 

Justificativa

"Tatuí é uma das cidades interioranas que com mais carinho se cultiva a arte entre seus filhos. Grande é o número de jovens tatuianos que buscam entre os poucos e modestos professores da localidade aprimorar seus conhecimentos artísticos. Findo os estudos rudimentares com grande sacrifício, dispêndio de tempo e dinheiro em viagens, se locomovem duas ou três vezes por semana, para a capital, buscando nos conservatórios particulares ou no oficial, concluir os estudos iniciados.

Isto se dá, porém, com os mais favorecidos da sorte: os que não têm meios para fazê-lo sufocam de início seus anseios artísticos sendo certo que, por mais abundantes, vão formar o exército de artistas frustrados por falta de apoio vocacional. E quem poderá negar que entre eles poderá estar um embrião que irá, no futuro, aumentar o panteão nacional de virtuoses?
É de notar, também que a criação de um conservatório dramático e musical em Tatuí virá beneficiar todo o sul paulista cujas cidades (Tatuí, Apiaí, Porangaba, Porto Feliz, Tietê, etc) ora mandam estudantes para a Capital, superlotadas as escolas freqüentáveis, o que redunda em prejuízo para os educandos.
Outrossim, essa criação é sadio modo de atender a louvável tendência descentralizadora que orienta os setores educacionais, tão bem delineável nos proveitosos projetos de lei em andamento nesta Assembléia, dispondo sobre a criação de Faculdades em diversas cidades do interior paulista.

A emenda não chegou a ser aprovada, mas a criação foi proposta, novamente, em 3 de dezembro de 1950. O projeto de lei, de número 1556, assinado por Narciso Pieroni e Conceição Neves da Costa, criava em Tatuí o Conservatório Dramático e Musical sob os mesmos argumentos da emenda, mas com um detalhe: foi dispensada a publicação da redação e o projeto, aprovado, foi encaminhado diretamente para a sanção do governador Lucas Nogueira Garcez.
O Conservatório de Tatuí foi, então, criado por lei estadual sob número 997 em 13 de abril de 1951.


 

 

Capital da Música

LEI Nº 12.544, DE 30 DE JANEIRO DE 2007
(Projeto de lei nº 676/2004, do Deputado Waldir Agnello - PTB)
Declara como Capital da Música o Município de Tatuí.
O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:
Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei:
Artigo 1º - Fica declarado como Capital da Música o Município de Tatuí.
Artigo 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
Palácio dos Bandeirantes, aos 30 de janeiro de 2007.
José Serra
João Sayad
Secretário da Cultura
Aloysio Nunes Ferreira Filho
Secretário-Chefe da Casa Civil
Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, aos 30 de janeiro de 2007

 

 

Quem foi Carlos de Campos

Estadista, parlamentar, jornalista, político e músico. Este foi Carlos de Campos, que dá nome ao Conservatório Dramático e Musical de Tatuí.
Nasceu a 6 de agosto de 1866 em Campinas e faleceu em 27 de abril de 1927 em São Paulo.
Filho de Bernardino de Campos - que também fora presidente do Estado -, Carlos de Campos nasceu em 1866 e faleceu em 27 de abril de 1927, antes de concluir seu mandato como governador estadual.
Formado em direito, Carlos de Campos era compositor e estudioso da música. Foi fundador e membro da Academia Paulista de Letras, assumindo a cadeira número 16.
Dedicou-se intensamente à vida política: foi membro do Conselho de Intendência Municipal de Amparo; deputado estadual, Secretário de Estado da Justiça e senador estadual. Na área federal, foi deputado e se tornou líder da maioria no governo do Presidente Epitácio Pessoa.
Iniciou seu mandato como presidente do Estado de São Paulo no dia 7 em maio de 1924. Em seu governo, eclodiu a Revolução dos Tenentes, obrigando-o a se refugiar em Guaiaúna, onde estavam concentradas as forças legalistas.
Em sua administração, criou a Guarda Civil e a Força Pública. Antes de falecer, criou, dentro da Força Pública, uma das mais importantes bandas do estado: a Banda da Força Pública que, em 1935, viria buscar músicos tatuianos para sua especialização.
Jornalista desde muito jovem, dirigiu, por várias vezes, o Correio Paulistano, jornal de são Paulo. Como músico, compôs peças líricas, destacando-se “A Bela Adormecida” e “Um Caso Singular”. Algumas de suas músicas avulsas basearam-se nas poesias das “Pedras Preciosas”, de Luis Guimarães Junior.

 

 

Como estudar

 

A seleção de novos alunos aos cursos de música, artes cênicas e luteria ocorrem no início de cada semestre, de acordo com a demanda dos cursos, ou a qualquer tempo em caso de existência de vagas remanescentes.
Podem se inscrever aos cursos qualquer interessado – com ou sem conhecimento musical – respeitando a idade mínima indicada a cada curso.

O candidato pode apenas se inscrever para um curso, exceção feita aos candidatos que pretendem fazer Educação Musical para Educadores, Regência, além de um curso de instrumento/voz. As inscrições devem ser feitas pessoalmente na secretaria do Conservatório de Tatuí. Terceiros poderão fazer a inscrição para o candidato à vaga desde que estejam munidos dos documentos solicitados e efetuem o pagamento da taxa solicitada.

Para ingressar no Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí o candidato é submetido a duas fases consideradas eliminatórias. A primeira fase é comum a todos os candidatos, ou seja, para aqueles com e sem conhecimento. Esta etapa consiste de um teste auditivo para a verificação da capacidade de percepção musical sem exigir conhecimento prévio de teoria musical.
Os candidatos aos cursos de instrumento, canto, regência e teatro tem de ser alfabetizados.

Os candidatos estrangeiros de língua que não a portuguesa, deverão ser submetidos a uma prova de português, como parte do processo de seleção, além disso a situação legal deve estar em ordem e também devem apresentar para a escola o seu visto de estudante.
Os aprovados nesta primeira fase, passarão para a segunda etapa de seleção, que será composta de uma entrevista (para aqueles que não têm conhecimento musical) e uma Avaliação de Performance tocando o instrumento escolhido pelo candidato, ou cantando, caso ele tenha optado pelo curso de canto. Junto a esta avaliação o candidato também será submetido a uma entrevista.
Os cursos oferecidos pelo Conservatório de Tatuí são gratuitos.

Caso a quantidade de candidatos aprovados seja superior à quantidade de vagas disponíveis, os nomes dos excedentes constarão de lista de espera, obedecendo a ordem classificatória da seleção. Os candidatos da lista de espera serão chamados nos casos de evasão de alunos durante o primeiro bimestre do semestre letivo, a critério da Assessoria Pedagógica da AACT.
O aluno do Conservatório de Tatuí tem aulas práticas, aulas teóricas e prática de conjunto (ensaio junto aos diversos grupos do Conservatório de Tatuí - tendo grupos, inclusive, para alunos iniciantes).
O candidato inscrito e aprovado no teste/entrevista efetua sua inscrição e no ato desta é encaminhado aos professores de instrumentos e professores de matérias teóricas para marcar seus horários de aulas de acordo com a disponibilidade de cada professor.

 

IMPORTANTE

A escola não garante ao aluno a freqüência às aulas uma única vez por semana, devido às disciplinas que tem para cumprir em sua grade curricular.
Em geral um aluno de nível iniciante deverá freqüentar no mínimo duas vezes por semana e quanto mais ele avança em seu curso, mais dias da semana terá de estar presente para cumprir as diversas disciplinas do curso.

Mais informações são oferecidas pelo telefone (15) 3205-8444 ou pelo e-mail: secretaria@conservatoriodetatui.org.br

 

CURSOS OFERECIDOS

Área de Cordas
 
Contrabaixo
 
Luteria
 
Viola
 
Violino
 
Violoncelo
 
 
 
Área de Sopros - Madeiras
 
Clarinete
 
Fagote
 
Flauta Transversal
 
Oboé
 
Saxofone
 
 
 
Área de Sopros - Metais
 
Eufônio (Bombardino)
 
Trombone / Trombone Baixo
 
Trompa
 
Trompete
 
Tuba
 
 
 
Área de Piano Erudito
 
Harpa
 
Piano
 
 
 
Área de Canto
 
 Canto lírico
 
 
Área de Violão Erudito
 
Violão Erudito
 
 
Área de Percussão Sinfônica
 
 Percussão Sinfônica
 
 
Área de Performance Histórica
 
Cordas dedilhadas antigas (alaúde, guitarra barroca e teorba)
 
Cravo
 
Flauta Doce
 
Fortepiano
 
 
Área de Choro
 
Bandolim
Cavaquinho
Clarinete
Flauta transversal
Percussão
Violão
 
 
Área de MPB / Jazz
 
Arranjos
 
Bateria
 
Canto
 
Clarinete
 
Contrabaixo
 
Flauta Transversal
 
Guitarra
 
Percussão
 
Piano
 
Saxofone
 
Teclado
 
Trombone
 
Trompete
 
Violão
 
 
 
Regência
 
Regência Coral
Regência de Banda
 
 
Área de Educação Musical
 
Educação Musical para Educadores
 
Iniciação Musical
 
Musicalização Infantil
 
Musicografia Braille
 
 
 
Teatro - Artes Cênicas
 
Juvenil
 
Adulto
 
Cenografia
 
Iluminação
 
Maquiagem
 
Teatro para Educadores
 
Para saber todos os detalhes sobre o funcionamento, duração e idade mínima para cada curso, você pode fazer o download do Regimento Escolar, no link abaixo.


 

http://www.conservatoriodetatui.org.br/download/71762167_aact_download.pdf

 

Endereço:

 

Rua São Bento, 415 Tatui São Paulo-Brasil

 

Site Oficial:


 

http://www.conservatoriodetatui.org.br/

 

 

 

 

 

Emerbone© 2011 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode